COMPRAS      
 
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS

CONTINUA a PROMOÇÃO:
livros com descontos
de 25% e 50%.

A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados eBooks Como comprar Fale conosco Início do site
CATÁLOGO APRESENTAÇÃO
 
 
 
Instagram
TOPBOOKS - Editora e Distribuidora de Livros

IMACULADA é um livro com várias e edificantes histórias. Há diferentes nexos condutores, alguns revelando aspectos brutais da moralidade em relação aos costumes, como a gravidez de moças solteiras de classe média no Brasil dos anos 1960 e 1970; outros levando para o mundo do arbítrio do governo militar, da tortura, da vida no exílio, do banimento.

A Igreja Católica retratada aqui se torna ator central, destacando-se pelo respeito à vida e à justiça social. Diversos personagens se cruzam, muitas vezes dentro de conventos. Dois deles precisaram ter paternidade e maternidade escondidas. Motivos políticos e morais explicam tal decisão, consciente nos dois casos, embora por razões distintas. Em ambos os casos, a ditadura está associada a esses “enjeitados”.

A abordagem da polícia e dos militares em relação aos suspeitos de se organizarem contra o governo, ou contra aqueles que efetivamente conspiraram, é narrada com realismo impressionante por DENISE ASSIS. A brutalidade lembra tempos medievais, em que a tortura não era entendida como desrespeito à pessoa. Tratava-se de um hábito, uma prática usual da Igreja para fazer justiça aos “impuros”.

Da mesma forma ela foi usada pelos donos do poder para combater e humilhar inimigos nas masmorras. Os vários museus da tortura espalhados pelo mundo, e ainda inexistentes no Brasil, mostram o requinte dos instrumentos utilizados nessas práticas. Mudaram os instrumentos, mas lá como cá a humilhação e o ultraje foram uma constante. A guerra fria deu pretextos para que o monstro da barbárie voltasse. Colocou-se o poder de decidir sobre vida e morte em mãos de pessoas que não tinham pruridos para matar, torturar e mentir.

Irmã Imaculada, uma jovem freira em um convento de órfãos, é a personagem que inicia a narrativa e que lhe dará um norte surpreendente. Banida, partilha com outros brasileiros a experiência do exílio, os sentimentos contraditórios entre ficar no exterior ou voltar a seu país. Temos ainda aqui uma discussão moral sobre a verdade: uma freira, em tese, não deveria mentir, mas também não poderia contrariar dogmas fundadores da Igreja, como virgindade e aborto.

Memórias e lembranças em forma de ficção dão formato a este livro impactante. A vantagem de ser ficção permite explorar espaços que fazem refletir, de maneira mais livre, sobre as escolhas que fazemos e sobre a força do acaso. Ao fim, temos uma história de amor, nem sempre imaculado, mas sempre amor.

MARIA CELINA D'ARAUJO
Cientista política, professora da PUC-Rio

Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior
TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.
Rua Visconde de Inhauma, 58 - Sala 203 - Rio de Janeiro - CEP 20091-000
Telefones: (21) 2233-8718 ou (21) 2283-1039
Copyright © Topbooks, 2003 - 2019 - É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização - Projeto QV