COMPRAS      
 
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS

TOPBOOKS 27 anos:
livros com descontos
de 25% e 50%.

A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados eBooks Como comprar Fale conosco Início do site
10 Mandamentos – Do país que somos para o Brasil que queremos
O cientista político Luiz Felipe d’Avila diz, em seu novo livro, que a elite brasileira tem grande responsabilidade pela crise atual do país, na medida em que apoiou o populismo para obter vantagens financeiras. Depois de diagnosticar a melancolia do brasileiro, na primeira parte da obra, e de colocar em diálogo, na segunda, diversas visões contrastantes do país, o autor expõe seus dez mandamentos para construir o Brasil do futuro, decálogo que “merece ser gravado na pedra”, como afirma o jornalista Reinaldo Azevedo em seu texto de apresentação.

Luiz Felipe d’Avila
199 pgs
R$ 43,90     R$ 32,93

A crise do século XVII – Religião, a Reforma e mudança social

Em nove textos escritos entre 1956 e 1967, Trevor-Roper analisa a Guerra Civil, a Restauração e a Revolução Gloriosa na Inglaterra. O primeiro deles, que dá nome ao livro e é uma crítica da Contra-Reforma, foi originalmente uma conferência apresentada na Irlanda por este professor de História que lecionou na Universidade de Oxford durante 23 anos e ganhou do historiador Peter Burke o epíteto de “mestre do ensaio histórico”. E aproveite para conhecer os outros títulos da Coleção Liberty Classics em nosso Catálogo.

Hugh Trevor-Roper
699 pgs
R$ 79,90     R$ 59,93

A Lanterna na Popa

Este livro de memórias do brilhante economista, ministro e deputado federal, cujo centenário de nascimento se comemora em 17 de abril de 2017, é um detalhado panorama da política, do poder e da economia brasileira e mundial na última metade do século XX. Desde seu lançamento, em 1994, mereceu elogios entusiasmados em todos os segmentos sociais, de Paulo Francis a Augusto Nunes, de Wilson Martins a Fernando Morais, de Caetano Veloso a Carmen Mayrink Veiga. Veja também outro excelente livro do autor: Na virada do milênio.

Roberto Campos
2 volumes - 1.460 pgs
R$ 182,90     R$ 137,18

Além do apenas moderno
Morto há 30 anos, o mestre de Apipucos (1900-1987) continua atual, como prova este livro, enriquecido por prefácio de José Guilherme Merquior, em que ele exercita a futurologia e aborda conceitos como o de “tempo tríbio”. Outros três títulos importantes compõem a coleção Gilbertiana editada pela Topbooks, que também lançou dois livros sobre a vida e a obra do autor pernambucano: Gilberto Freyre de A a Z e O imperador das ideias / Gilberto Freyre em questão.

Gilberto Freyre
313 pgs
R$ 37,00     R$ 27,75

Ensaios Reunidos, 1942-1978 / Volume I: De A cinza do purgatório a Livros na mesa
Peça inaugural do ambicioso projeto de publicação da obra completa do prolífico pensador austríaco, lançada em 1999, reúne seis livros de ensaios de Carpeaux, com introdução e notas do filósofo Olavo de Carvalho. Já o Volume 2 – Ensaios Reunidos, 1946-1971 – traz 205 artigos jornalísticos, com referências a mais de 2.600 pessoas. Para conhecer melhor esse raro intelectual, veja também o que escreveu seu biógrafo, Mauro de Souza Ventura, em De Karpfen a Carpeaux.

Otto Maria Carpeaux - NOVA EDIÇÃO
928 pgs
R$ 96,90     R$ 72,68

O que sei de Lula

Esta é uma excelente biografia não autorizada do ex-presidente da República, que o autor conheceu na presidência do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, em 1975. Com dez livros publicados, esse jornalista de prestígio – editorialista do jornal O Estado de S. Paulo e comentarista da Rádio Estadão e da TV Gazeta – acompanha a trajetória de Lula à luz de fatos reais, sem a mitologia que costuma encobrir o personagem. Veja outros livros do gênero clicando no catálogo de JORNALISMO.

José Nêumanne Pinto
522 pgs
R$ 69,00     R$ 51,75

“Fazer um livro não significa mérito nenhum se este livro não melhora as pessoas", disse o poeta inglês Samuel Taylor Coleridge, e tal lema vem norteando o trabalho da TOPBOOKS desde 1990, ano de sua primeira edição. Nosso catálogo traz obras de qualidade em Poesia, Literatura, Biografia, História, Jornalismo, além de Ensaios nas áreas de Política, Economia, Sociologia, Direito, Filosofia e outras. Para mais informações sobre cada livro e autor, clique na respectiva capa.

Em comemoração ao nosso 27º aniversário, passamos a aceitar pagamentos com cartões de crédito e débito através do PagSeguro. Veja detalhes clicando acima em COMO COMPRAR. Damos desconto de 25% para as compras feitas no site ou na editora, e alguns livros têm preços ainda melhores: clique nessa lista aqui para ver os títulos com 50% de desconto. Se você mora no Rio e  prefere economizar no frete, venha ao nosso escritório e aproveite para tomar um cafezinho conosco!

ROBERTO CAMPOS, 100 ANOS: A VITÓRIA PÓSTUMA DE UM PENSADOR LIBERAL

O caderno Fim de Semana do jornal Valor Econômico (de 31 de março de 2017) dedicou sete páginas ao centenário de Roberto Campos (17.04.1917–09.10.2001), além da capa, onde destacou: “Ideias liberais do controverso economista continuam vivas após fracasso de políticas intervencionistas e protecionistas”. Leia aqui a matéria completa. E saiba como foi o discurso de José Mario Pereira, editor de A Lanterna na Popa, no seminário em homenagem ao autor realizado no Palácio Itamaraty em abril último.

Para conhecer melhor esse intelectual polêmico, veja o resumo de sua biografia  e um pouco do que foi publicado na imprensa por ocasião  de sua morte. Também disponibilizamos resenhas e opiniões sobre seu famoso livro de memórias, publicado em setembro de 1994.

A LANTERNA NA POPA – que traça um amplo panorama da política, do poder e da economia mundial nos últimos 50 anos – tornou-se, desde a primeira edição, um clássico de referência sobre o Brasil, transformou-se em best-seller imediato e ganhou o prêmio de melhor livro de não ficção do ano, outorgado pela Academia Brasileira de Letras. 

Descubra como foi feito, leia o texto de apresentação escrito pelo editor, veja algumas fotos do livro e saiba  mais sobre o pensamento de Roberto Campos, eterno defensor da privatização da Petrobras, que ele apelidou jocosamente de “Petrossauro”.

CATÁLOGO LANÇAMENTOS
 
 
 
Instagram
O outro lado da lua
Formado em Letras Modernas pela USP, diplomata de carreira e, atualmente, embaixador do Brasil na Argentina, o paulista Sérgio Danese lança novo livro de ficção, dessa vez uma novela bem-humorada em que um cão da raça terrier aparece por acaso na vida de um publicitário que vem atravessando momentos difíceis. Segundo o crítico literário Alfredo Bosi, Danese – autor, entre outros títulos, do romance A sombra do meio-dia (Topbooks, 2003) – “filia-se à linhagem dos nossos romancistas da memória, sem, contudo, amarrar-se à contensão clássica destes”.
Sérgio Danese
158 pgs
R$43,90     R$ 32,93
Marcas, memória e representação / Ensaios sobre economia criativa
Este livro, editado em parceria com a Escola Superior de Propaganda e Marketing, reúne 10 artigos de 12 autores – a maioria designers, alguns publicitários, além de uma jornalista e uma psicóloga, muitos deles também professores. Seu objetivo é, por diferentes óticas, e a partir de pesquisas de diversos campos do conhecimento, refletir sobre a presença e a importância da marca, que nos dias de hoje virou brand e passou a ser muita coisa além de mera representação visual, tornando-se um elemento estratégico para as empresas e os produtos.
Vários autores / Org.: Isabella Perrotta e Lucia Santa Cruz
191 pgs
R$44,90     R$ 33,68
Desdizer e antes
Vencedor, em 2002, dos mais importantes prêmios de melhor obra no gênero com Todos os Ventos, o escritor, poeta e crítico literário Antônio Carlos Secchin volta à poesia, reunindo o inédito Desdizer à sua produção anterior, agora revista. Professor emérito da UFRJ e membro da ABL, o autor fecha o volume com um depoimento sobre seu percurso, desde a estreia em 1973, com Ária de Estação, até esse novo e belíssimo livro, que tem projeto e ilustração de capa do artista plástico Waltercio Caldas.
Antonio Carlos Secchin
211 pgs
R$50,00     R$ 37,50
Briggflatts

Basil Cheesman Bunting (1900-1985) é o poeta inglês mais conhecido nos Estados Unidos, mas até hoje sua obra não ganhara tradução no Brasil. Único britânico a participar do movimento modernista de língua inglesa liderado por Ezra Pound e T. S. Eliot, Bunting só se tornou famoso aos 66 anos, após a publicação de Briggflatts, em que explora a linguagem e a cultura de sua terra natal. Para  Felipe Fortuna, que assina a tradução, o prefácio e as notas da primeira edição brasileira do poema, Bunting é “muito direto e objetivo, e não se deixa levar por metáforas fáceis e imagens simples”. No poema, ele imagina como seria sua vida se tivesse ficado com a moça por quem se apaixonou aos 14 anos, o que leva Fortuna a comparar Briggflatts à Divina Comédia, em que Dante desce ao Inferno em busca de sua Beatriz.

Basil Bunting
168 pgs
R$39,90     R$ 29,93
Clássico por amadurecimento — Estudos sobre Raízes do Brasil

Mestre em relações internacionais pela PUC/RJ, o ensaísta e diplomata Luiz Feldman propõe aqui uma nova leitura do clássico Raízes do Brasil, de Sérgio Buarque de Holanda, através de uma densa comparação entre suas três primeiras edições (de 1936, 1948 e 1956). No substancioso prefácio, o cientista social Robert Wegner afirma que “o que singulariza o trabalho de Feldman daqueles que o precederam é a forma pela qual (...) interpela a obra de Sérgio Buarque e dialoga com os seus intérpretes”. Para o historiador José Murilo de Carvalho, o autor, ao empreender essa pesquisa, “presta relevante serviço à nossa história intelectual, sem diminuir em nada a relevância adquirida pela obra” – que completa 80 anos em 2016.

Luiz Feldman
305 pgs
R$46,90     R$ 35,18
A menina que engoliu o sapo

Com capa dura e mais de 30 ilustrações coloridas de Miriam Lerner, que também assina a capa e o projeto gráfico, este belo livro narra em linguagem poética a história de uma menina que vive num castelo e sofre quando o pai vai embora de casa. Dilma Bittencourt construiu um texto lírico sobre ausência, incompreensão e preconceito, no qual o tempo é o principal personagem: a protagonista, que engoliu o sapo de ver partir seu amado pai, vai amadurecendo na espera por sua volta, enquanto passam as estações do ano. Usando a filosofia como base, a autora apresenta aos jovens leitores uma gama ampla de vocábulos mais sofisticados, coisa rara de se ver na literatura infantojuvenil.

Dilma Bittencourt
110 pgs
R$29,90     R$ 22,43
A Cidade do Rio Grande

Para esclarecer como se formou a civilização rio-grandense, o jornalista Willy Cesar percorreu conteúdos de história, paleontologia, arqueologia, administração pública, política e eleições, guerras e táticas militares, religiosidade,  assistên-cia social, comércio e indústria, agricultura, gastronomia, urbanismo e saneamento, arquitetura, engenharia civil e naval, educação, cultura, artes e ofícios, esportes de remo, vela, futebol, basquete, atletismo e outros, turismo e eventos, meio ambiente, medicina e saúde, justiça, crime e castigo, jogos de azar, modais de transportes, comunicação social, lendas urbanas – enfim, quase nada escapou. Este livro, de conteúdo e estética essencialmente jornalísticos, é uma grande – e excelente – reportagem sobre Rio Grande e sua população.

Willy Cesar
540 pgs
R$63,90     R$ 47,93
A invenção republicana / Campos Sales, as bases e a decadência da Primeira República brasileira

Apontado por mestre Antonio Candido como ”um dos estudos mais penetrantes (...) sobre o mecanismo político da República Velha", este livro ganha em 2015 uma terceira edição, revista e com mais 100 páginas, além de prefácio do jurista Celso Lafer.  Para Angela Alonso, professora da USP e presidente do Cebrap, trata-se de obra “indispensável para quem deseja entender os dilemas e impasses do início da República” . Doutor em Filosofia, Danilo Marcondes ressalta que Renato Lessa compôs uma “análise histórica e política que desfaz alguns dos mitos mais centrais de nossa tradição”.

Renato Lessa / Prefácio de Celso Lafer
335 pgs
R$47,90     R$ 35,93
O reconhecimento do Império – História da diplomacia brasileira

Lançada em 1901, esta obra fundamental da historiografia nacional só agora, 114 anos depois, ganha segunda edição. Autor de outros quatro livros publicados pela Topbooks – Dom João VI no Brasil, Formação da nacionalidade brasileira, O movimento da Independência e No Japão / Impressões da terra e da gente – o historiador e crítico pernambucano Manuel de Oliveira Lima (Recife, 1867 – Washington, 1928), membro da Academia Brasileira de Letras,  foi embaixador do Brasil em vários países  e era admirado pelo conterrâneo Gilberto Freyre, que o chamava de “Dom Quixote gordo”.  A nova edição ganhou textos dos historiadores Leslie Bethell (prefácio) e Mary del Priore (apresentação).

Oliveira Lima
224 pgs
R$43,90     R$ 32,93
As 7 pragas do Brasil moderno

Depois de discorrer sobre a inveja, o ódio e a importância da vocação no desenvolvimento do ser humano, em três livros de sucesso lançados pela Topbooks, o jornalista, advogado e empresário Joaci Góes afina sua verve na análise dos principais problemas brasileiros: educação, saúde, segurança, corrupção, impunidade, infraestrutura e pluripartidarismo. No prefácio, o ministro aposentado do STF Carlos Ayres Britto qualifica o autor de “agudo analista da cena institucional cotidiana”.  Para José Nêumanne Pinto, “se for incapaz de entender o recado incômodo expresso neste livro, o Brasil será também uma causa perdida”.

Joaci Góes
130 pgs
R$34,90     R$ 26,18
Minhas recordações

O político mineiro Francisco de Paula Ferreira de Rezende ( 1832 – 1893) foi ministro do Supremo Tribunal Federal e vice-governador de Minas Gerais.  Publicou dois livros – O Brasil e o acaso e O julgamento de Pilatos, ou Jesus perante a razão e os Evangelhos – e deixou outros dois prontos ao morrer, um deles este encantador livro de memórias   que Octavio Tarquínio de Sousa , no prefácio à primeira edição  (1944), chamou de “documento de excepcional valor acerca da vida social e de família, dos costumes, das tradições, de tudo que é mais característico do Brasil e, particularmente, de Minas Gerais, entre os anos de 1830 a 1890”. Esta segunda edição ganhou novo prefácio da historiadora Mary del Priore.

Francisco de Paula Ferreira de Rezende
508 pgs
R$68,90     R$ 51,68
Três Peças (Minna von Barnhelm / Emilia Galotti / Nathan, o sábio)

Com organização, tradução e posfácio de Marcelo Backes, doutor em germanística e romanística pela Universidade de Friburgo, Alemanha, este livro reúne três obras-primas do grande representante do Iluminismo alemão Gotthold Ephraim Lessing (1729-1781).  A primeira peça, de1763, é uma comédia; a segunda  (1772) uma tragédia, e a terceira (1779) um poema dramático, todas divididas em cinco atos. Para Otto Maria Carpeaux, Lessing foi “o maior crítico literário do século XVIII”.  Heinrich Heine vai além, e afirma: “É notável que o homem mais chistoso da Alemanha tenha sido também o mais honrado”.

Gotthold Ephraim Lessing
509 pgs
R$72,90     R$ 54,68

Recuperar a memória cultural do país é um dos objetivos da TOPBOOKS, e não só em História, carro-chefe do catálogo da editora.  Ensaístas literários como Otto Maria Carpeaux, Othon Moacyr Garcia, Wilson Martins, José Paulo Paes e Maria José de Queiroz estão entre os autores reeditados. Além de Machado de Assis, José Veríssimo, Joaquim Nabuco, Oliveira Lima, Ribeiro Couto, Herberto Salles, José Guilherme Merquior, Roberto Campos, Geraldo França de Lima, Roberto Marinho,

Miguel Reale, Luiz Paulo Horta, Lêdo Ivo, Afonso Arinos de Mello Franco, Ivan Junqueira, Evaristo de Moraes Filho e Dom Lucas Moreira Neves, membros já falecidos da Academia Brasileira de Letras, editamos livros de outros "imortais", como Nélida Piñon, Antonio Carlos Secchin, Murilo Melo Filho, Carlos Nejar e Evaldo Cabral de Mello. A boa literatura e a poesia de alta qualidade, nacional e estrangeira, são outros nichos em que a Editora TOPBOOKS vem investindo.

HOMENAGEM: DOIS MEGAPOETAS NORDESTINOS, DUAS GRANDES VOZES QUE SE CALAM

Marcus Accioly / foto:
Vinicius Lubambo

Em outubro deste ano, o Brasil perdeu, num espaço de apenas 48 horas, dois poetas muito especiais: o pernambucano Marcus Accioly (21/01/1943 a 21/10/2017) e o cearense Pedro Lyra (28/02/1945 a 23/10/2017). Eles eram amigos, e chegaram a escrever sobre a obra um do outro.  Ambos tiveram livros editados pela TOPBOOKS, e num deles – sobre a poesia da Geração-60 – o poeta do Ceará, autor do livro, incluiu o colega de Pernambuco. Prestamos aqui nossa homenagem a esses dois grandes intelectuais que ajudaram a enobrecer o catálogo da editora e nos honraram com sua amizade. Veja aqui um resumo que preparamos sobre cada um desses escritores e críticos literários. Na imprensa, destacamos as matérias publicadas sobre Accioly na Folha de S. Paulo, O Globo e Jornal do Commercio (Recife). Já no que se refere a Lyra, saiba mais pelo Jornal do BrasilO Povo (Fortaleza) e Diário do Nordeste (Fortaleza).


Pedro Lyra / foto:
Kleber A. Gonçalves
 NOVIDADES SOBRE LIVROS DA EDITORA TOPBOOKS

Em seu novo livro, 10 Mandamentos: do país que somos para o Brasil que queremos, o cientista político Luiz Felipe d’Avila faz não só uma rica análise das razões que nos levaram ao atual quadro de desalento como também aponta, com argumentação consistente, as possíveis soluções para tirar o país da crise. Clique aqui para ver a resenha do livro em O Estado de S. Paulo e a entrevista do autor ao Estúdio Veja.

Briggflatts, longo poema publicado em 1966, é a obra culminante do poeta britânico Basil Bunting (1900-1985). Numerosos poetas e críticos situam este poema de 717 versos entre os mais importantes da literatura mundial. Editado pela TOPBOOKS, foi traduzido por Felipe Fortuna que ganhou elogios da crítica especializada, como os publicados no jornal Valor Econômico e na seção Veja Recomenda da revista Veja. Leia mais, clicando aqui.


Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior
TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.
Rua Visconde de Inhauma, 58 - Sala 203 - Rio de Janeiro - CEP 20091-000
Telefones: (21) 2233-8718 ou (21) 2283-1039
Copyright © Topbooks, 2003 - 2017 - É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização