COMPRAS      
 
TOPBOOKS - EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS

CONTINUA a PROMOÇÃO:
livros com descontos
de 25% e 50%.

A Editora Imprensa Homenagens Especiais Destaques Recomendados eBooks Como comprar Fale conosco Início do site
CATÁLOGO NOTÍCIAS SOBRE A EDITORA
 
 
 
Instagram

O MELHOR LIVRO DO ANO DE 2008

No dia 2 de abril de 2009, a Academia Brasileira de Letras elegeu por unanimidade, como melhor livro do ano de 2008, José Olympio – O editor e sua Casa, escrito por José Mario Pereira e publicado pela Sextante, editora pertencente à família de José Olympio Pereira Filho (clique aqui para ver o que saiu na imprensa).

No parecer, a Comissão Julgadora, composta por Domício Proença Filho (relator), Eduardo Portella, Tarcísio Padilha, Hélio Jaguaribe e João de Scantimburgo, destacou que "o autor é também editor, como o seu biografado. (...) E conhece fundamente a matéria que trabalha. Seus textos deixam claro o alto nível de sua formação e das leituras com que a sedimenta. (...) A outorga do prêmio traduzirá o reconhecimento à sua dedicação ao livro, à divulgação da literatura e à causa da Cultura no Brasil" (leia a íntegra do parecer). Na carta em que comunicou o prêmio ao vencedor, o presidente da ABL, Cícero Sandroni, informou que a decisão foi unânime (veja a carta da ABL).

Curiosamente, 10 anos antes o crítico literário Wilson Martins, em sua coluna então publicada no caderno Prosa & Verso, de O Globo, comparava o dono da Topbooks a José Olympio (na foto ao lado). Ele iniciou o texto dizendo que "os grandes editores distinguem-se das editoras puramente comerciais por exercerem uma missão civilizadora"; e depois de separar (ou mesmo opor) "o editor propriamente dito (o que sabe avaliar a qualidade, e não apenas a vendabilidade do que publica)" das "empresas que se dedicam à fabricação de livros", prosseguiu: "Se Lobato foi o editor dos anos 20 e José Olympio o dos anos 30 (cuja "Casa" sobreviveu ao seu momento de glória), os anos 60 seriam de Ênio Silveira e seu irreprimível tropismo político (...). Nos anos 90, José Mario Pereira restabeleceu a tradição editorial no sentido nobre da palavra. Não veio para suceder aos nomes do passado, mas para substituí-los" (leia o artigo inteiro).

O prêmio foi entregue no dia 25 de junho de 2009, numa bela cerimônia em que a ABL também festejou os 170 anos de nascimento de Machado de Assis. Clique aqui para ler os discursos.


EDIÇÃO DE POESIA COMPLETA 1940-2004, DE LÊDO IVO

Depoimento do editor José Mario Pereira, da TOPBOOKS

Rio de Janeiro - 25/09/2004

Ler texto


VOCAÇÃO: EDITOR
Ipojuca Pontes

O cearense Zé Mário, em 13 anos, fez da TOPBOOKS uma das maiores editoras brasileiras

TRIBUNA DA IMPRENSA
Rio de Janeiro
12/12/2003

Ler texto


ESTANTE ESTRELADA
JOSÉ MARIO PEREIRA: A VIDA DELE DÁ UM LIVRO

Ele coleciona amigos poderosos - foi amigo de Darcy Ribeiro, Aurélio Buarque de Holanda e Rachel de Queiroz - e histórias incríveis. Conheça melhor um dos editores mais talentosos do país.

Revista QUEM, da editora Globo
Rio de Janeiro
14/11/2003

Ler texto


UM SALTO DE QUALIDADE
Cecília Costa

"Para fazer bons livros, faço pacto até com o diabo”, afirma o editor José Mário Pereira, dono da TOPBOOKS. Felizmente, este pequeno grande Fausto, leitor voraz de jornais e devorador noturno de obras sociológicas, filosóficas, biografias ou grandes romances, não precisou vender a alma a Mefistófeles e assinar com o próprio sangue um contrato que o levaria ao Inferno.

Caderno Prosa e Verso
O GLOBO

Rio de Janeiro
01/11/2003

Ler texto


EDITORAS E EDITORES
Wilson Martins

0s grandes editores distinguem-se das editoras puramente comerciais por exercerem uma missão civilizadora. Como, em nossos dias, os conglomerados econômicos gigantes, em busca de diversificação, adquiriram praticamente todas as editoras tradicionais, na Europa e nos Estados Unidos ...

O GLOBO
Rio de Janeiro
26/06/1999

Ler texto


ENTREVISTA COM O EDITOR DA TOPBOOKS, SOBRE GILBERTO FREYRE

Quando era editado por José Olympio, Gilberto Freyre sonhou com uma coleção de todas as suas obras, que não pôde ver realizada. A “Gilbertiana” nasce 13 anos após a sua morte, por iniciativa de outro José, o José Mário Pereira, da TOPBOOKS, do Rio de Janeiro. A partir de maio, saem os primeiros volumes de uma série de dez programada para concluir-se em dois anos. Nesta entrevista, o editor fala de sua amizade com Freyre e das edições que fará.

JORNAL DO COMMERCIO
Recife
15/03/2000

Ler texto

Privacidade

Envio de originais

Mensagem do Editor

Topo Início Anterior
TOPBOOKS EDITORA E DISTRIBUIDORA DE LIVROS LTDA.
Rua Visconde de Inhauma, 58 - Sala 203 - Rio de Janeiro - CEP 20091-000
Telefones: (21) 2233-8718 ou (21) 2283-1039
Copyright © Topbooks, 2003 - 2019 - É proibida a reprodução total ou parcial sem autorização - Projeto QV